sexta-feira, 25 de março de 2011

Bolo de bolacha

A ler o "Feito em Casa" da Joana Roque do blog http://paracozinhar.blogspot.com/, que sigo diariamente com imenso prazer - identifico-me em tantas coisas que por vezes sinto que fui eu a escrever aquela publicação ou aquele livro - encontrei uma receita que há muito não se fazia por estas bandas e que já sentia aquela nostalgia gustativa das memórias de infância:
O "lendário" bolo de bolacha.
Acho que não conheço ninguém da minha geração que não saiba do que estou a falar.
As nossas mães, tias, avós faziam-no com alguma frequência quando erámos "piquenos" (não, não me enganei, lembrei-me da minha Tia Nim a falar de nós - os "piquenos".
Gosto deste bolo feito em casa, gosto particularmente daquele sabor caseiro do creme de manteiga com café. Desculpem-me a franqueza mas o que vemos habitualmente à venda e me deixa logo "mal disposta", aqueles com um creme branco (em vez do amarelado), industrialmente feitos sem aquele sabor nostálgico.
Simplesmente repugna-me!
A sua confecção é tão simples que se tiver crianças, elas adoraram participar nesta receita, assim perpetuará desde já a história deste famoso bolo.

2 pacotes de bolacha Maria
1 café bem forte
Mistura solúvel de café q.b.
250 ml de água
250 gr de manteiga sem sal à temperatura ambiente (nada de derreter no microondas)
250 gr de açúcar amarelo ou em pó
raspas de chocolate
Coloque a manteiga, o açúcar e o café forte na batedeira e deixe até obter uma massa homogénea.
Faça o café solúvel e coloque-o num prato. Mergulhe as bolachas no café e distribua-as num prato onde vai servir o bolo. Comece por colocar uma bolacha no centro e depois mais 6 bolachas à sua volta.
Barre uma com o creme de manteiga cada camada.
Repita até acabar as bolachas.
Por fim barre o topo e as laterais do bolo com creme de manteiga.
Rale o chocolate para decorar e deixe ficar no frigorífico pelo menos 2 horas. (de preferência de um dia para o outro)
Os miúdos ajudaram na confecção e a deglutir.
Mais uma receita fácil e rápida.

Sem comentários:

Enviar um comentário