sábado, 29 de janeiro de 2011

Mascarpone com doce de abóbora e bolacha Maria

 Fácil, rápida e saborosa!
Às vezes é mais fácil improvisar um jantar do que uma sobremesa, aqui vai uma sugestão.
Precisa  de:
Mascarpone q.b.
doce da sua preferência (também pode usar leite condensado)
bolachas Maria ou frutos secos amêndoas, nozes, etc.

Coloque em taças pequenas um pouco de mascarpone, de seguida adicione o doce e no fim esfarele a bolacha Maria ou os frutos secos por cima.
Leve ao frigorífico.
Haverá alguma coisa mais simples!

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Pasta de salsichas, brócolos e tomate cereja

Nada mais simples e saboroso.
Cá por casa gostamos muito de "Pastas".
Vai precisar para 4 pessoas:
massa da sua preferência
2 latas de salsichas
150 gr de tomate cereja
400 gr de brócolos congelados
4 dentes de alho
2 piri-piris
1 mozarella
1 iogurte natural
queijo ralado q.b.
coentros picados finamente q.b.

Coza a massa "al dente".
Numa figideira coloque o azeite e os dentes de alho, deixe alourar. Acrescente as salsichas, os brócolos e o tomate cereja e deixe cozinhar até os brócolos ficarem cozidos. Tempere com sal e os piri-piris.
Adicione a mozarela e o iogurte e moa um pouco de pimenta preta.
Sirva colocando primeiro a massa e depois a mistura feita na frigideira. Polvilhe queijo ralado da sua preferência e um pouco de coentros.
Acompanhe com um vinho tinto.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Muffins de mirtilos

Adorei fazer esta receita, super rápida, ficam fofos e húmidos por dentro.
Mais uma da "Colher de Pau", uma grande cozinheira e que me inspira profundamente.
Hoje o nosso pequeno almoço foi um muffin e um copo de leite, os miúdos adoraram e eu fiquei fã.
Receita para repetir muitas e muitas vezes.


Sopa de abóbora e cenoura com feijão verde e vermelho


4 ou 5 batatas

1 alho francês
6 cenouras
abóbora (tenho congelada em saquinhos de cerca de 300 gr)
1 cebola
2 dentes de alho
200 gr de feijão verde
1 lata de feijão vermelho

Começo por colocar um pouco de azeite numa panela de pressão, de seguida a cebola, o alho e deixo refogar um pouco, só alourar.
Acrescento todos os outros legumes (menos os feijões) um pouco de sal e a água, fecho a panela de pressão. Quando ferver, bastam 20 minutos e está feita.
Corto o feijão verde e pedaços.
Quando os legumes estiverem cozidos, abro a panela e com a varinha mágica transformo tudo em puré. Acrescento o feijão verde e deixo ferver de seguida adiciono o feijão vermelho e está feita.
Mais uma ideia para ajudar a combater este frio.

Chocolate quente

Segui esta receita http://paracozinhar.blogspot.com/2010/12/chocolate-quente.html, ficou delicioso.
Servi com uns palitos de chocolate branco.
Com este frio até nos aquece a alma.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Caldeirada de Pata Roxa

Peço desculpa pela ausência, tenho andado pouco inspirada... mas "I´m back!".
Ontem fiz uma caldeirada que modéstia à parte, ficou demais, "brutal"!
Cota mas muito "à frente", isto é o que dá ter 3 filhos, que me ajudam a fazer estes "updates" de vocabulário.
Aqui vai a minha receita e aproveitem este fim de semana para a fazer.
A Pata Roxa comprei no mercado mas ainda ontem vi à venda no Jumbo. Peçam os fígados (esta receita vai ser dois em um assim penitencio-me pela falta de inspiração das últimas semanas - o fígado é para fazer uma entrada género patê) e que cortem este pequeno tubarão (sim, a Pata Roxa é um tubarão) em 3 ou 4 partes.

Para 6 pessoas
1,300 k de Pata Roxa
1,300 k de batata
1 cebola grande
5/6 tomates maduros e grandes
1 folha de louro
2 piri-piris
2 de copos de vinho branco
salsa q.b.

Numa panela grande coloque azeite, a cebola cortada às rodelas, o tomate e os piri-piris. Deixe refogar até a cebola ficar transparente.
Acrescente as batatas cortadas às rodelas, um copo de vinho branco e sal. Se precisar adicione um pouco de água. Quando as batatas estiverem quase cozidas, acrescente a Pata Roxa e mais um copo de vinho branco e ainda a salsa picada finamente. Depois de ferver devem bastar 5 minutos (repare se a Pata Roxa se começa a soltar da cartilagem).
Sirva acrescentando mais um pouco de salsa picada.
Acompanhe com vinho branco.

Agora vem a penitência...
Com os fígados da Pata Roxa, pode fazer uma entrada divinal e muito simples. (sugestão dada por uma peixeira em Lagos há alguns anos atrás). O sabor é forte. Eu e os miúdos adoramos!

5 fígados de Pata Roxa
4 dentes de alho
azeite
um pouco de vinho branco

Numa panela coloque o azeite e o alho picado finamente. Acrescente os fígados, sal e o vinho branco, deixe cozinhar até estes se desfazerem. (é muito rápido)
Sirva com um pão caseiro.
E agora estou desculpada?

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Bolo Rei

Ainda vou a tempo de colocar esta receita. O meu bolo está no forno...
Esta foto é antes de entrar no forno.
Como tenho um filho com algumas restrições alimentares, devido às suas inúmeras alergias, resolvi este ano, fazer o bolo Rei.
Assim posso eliminar as nozes, as passas, as avelãs que o To não pode comer.
Depois de algumas pesquisas, pus as mãos na massa e que massa o bolo está enorme... ainda agora mesmo (sim estou a escrever em directo...) tive que lhe colocar no centro um aro de metal, pois estava a querer fechar.
Usei:
1 k de farinha de trigo
40 gr de fermento de padeiro
1,5 dl de leite
150 gr de açúcar
sumo e raspa de uma laranja
1 cálice de vinho do Porto
125 gr de manteiga derretida
4 gemas
2 ovos
1 dl de cerveja
200 gr de frutas cristalizadas
100 gr de frutos secos
farinha para polvilhar
margarina para untar
1 ovo para pincelar
frutas cristalizadas para decorar q.b.
açúcar em pó para polvilhar

Coloque a farinha numa tigela, abra no centro um buraco e deite o fermento dissolvido no leite morno.
Amasse bem, se preciso acrescente um pouco de água, forme uma bola e reserve abafado (com uma toalha, um cobertor). Fica assim até duplicar o seu volume)
De seguida acrescente o açúcar, o sumo e a raspa da laranja, o vinho do Porto, a manteiga derretida, as gemas, os ovos inteiros e a cerveja.
Amasse bem, adicione os frutos à massa, volte a forma uma bola e deixe levedar por mais um bocado (1 ou 2 horas e novamente abafado).
Unte um tabuleiro e polvilhe com farinha.
Deite a massa no tabuleiro de-lhe a forma do tradicional bolo Rei. Com esta quantidade o melhor é dividir a massa em dois, caso contrário o bolo fica enorme.
Pincele com o ovo batido e decore com as frutas e o açúcar em pó.
Vai ao forno pré aquecido a 180ºC cerca de ???
Ainda não sei...

 









Está pronto em 45 minutos. Pincelei com mel, ficou mais brilhante. (estou sempre a improvisar e a criar, desculpem)
A Ri fez uma coroa e cá vamos nós festejar este dia.
Feliz dia dos Reis!

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Farinheira com ovos mexidos

Eu sei, bastante calórico. E nesta época que ainda não parámos de comer...
Mas uma coisa é certa, alegra estes dias cinzentos, chuvosos e frios.
Pode ser um aperitivo ou mesmo o prato principal.

Para 2 pessoas:
2 ovos
1 farinheira
meia chávena de leite

Bata os ovos com o leite e tempere com um pouco de pimenta preta.
Retire a pele da farinheira.
Coloque a farinheira numa frigideira, deixe-a alourar.
Deite os ovos e mexa.
Acompanhe com um vinho tinto e uma salada.
Delicie-se!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Cupcakes de baunilha com cobertura de chocolate - super rápidos


Estamos no novo ano! Bem vindo 2011!
Por estas bandas as festas têm se sucedido, parecem não ter fim.
Natal, passagem de ano e aniversário da Ri. Agora vem o dia dos Reis...
A minha filha mais nova fez 9 anos... o tempo passa muito depressa.
A minha "Bonsai filhota", como eu gosto de lhe chamar, embora ela diga que já não é "Mini-mini" - está a crescer!
O tema da festa acabou por ser os cupcakes, isto porque a minha querida Gi (madrinha da Ri), acabada de chegar de Londres, trouxe o suporte para estes famosos e deliciosos bolinhos e ainda conseguiu a forma que eu tanto queria com o formato de um cupcake grande (forma de bolo).
A receita também ela fornecida pela Gi, fica óptima e é muito simples.

Para os queques: (cerca de 25)
2 chávenas de chá de farinha sem fermento
1 chávena de açúcar
2 colheres de sopa de manteiga
1 colher de sopa cheia de fermento
3 ovos
1/2 (meia) chávena de leite
1 colher de sopa de essência de baunilha
forminhas de papel para bolinhos

Para a cobertura:
3 latas de chocolate em lata da Nestlé (estão nos supermercados ao lado do leite condensado cozido)
1/2 (meia) chávena de leite
confeites coloridos para decorar

Misture um recipiente a farinha com o fermento.
No liquidificador coloque os ovos, o açúcar, a manteiga e o leite, bata até ficar liquido.
Adicione esta mistura à farinha e acrescente a essência de baunilha., bata bem.
Distribua as forminhas (2 ou 3 para cada queque) por um tabuleiro de forno (não necessita ter aqueles especiais para queques).
Deite nas forminhas a mistura dos queques, até meio.
Pré aqueça o forno por 10 minutos a 180ºC, coloque os queques por 25 minutos.
Faça o teste do palito.
Retire os queques do tabuleiro e deixe-os esfriar.
Faça um furo no centro de cada queque (com o dedo),
Abra uma das latas de chocolate e coloque-o numa panela , acrescente meia chávena de leite, leve ao lume até ficar liquido.
Com a ajuda de uma colher de chá, coloque o chocolate liquido em cada queque. Poderá  também usar compotas, por exemplo de morango, ou leite condensado, etc.
Para a cobertura abra as outras latas do chocolate e com uma colher de sopa, enfeite de forma a criar aquele aspecto dos famosos cupcakes.
Por fim adicione os confeites da sua preferência ou tema que escolheu.
As coberturas podem ser muitas, mas esta é sem dúvida fácil, rápida e muito saborosa.
Os queques também podem ser feitos a partir de qualquer base de bolos da nossa preferência.
Estes ficaram muito deliciosos e bonitos, experimentem!