quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Arroz de feijão com salpicão - Castro d'Aire


Depois de um retiro gastronómico e espiritual com uma querida amiga, publico esta receita que adorei comer em Castro d'Aire.
Temos momentos na nossa vida que precisamos de interiorizar e conviver com os amigos, o que por vezes é-nos tão complicado fazer...
Com 3 filhos e mãe a tempo inteiro, imaginem o quão isso me parece ilógico.
Mas precisei (ou preciso) de espaço para mim.
Nesta saga até no ginásio me inscrevi... e digo-vos, bem dita a hora!
Ligo pouco à estética, talvez porque como dizem os amigos - "Graças a Deus, não precisas!" - mas não é bem assim, preciso... para a minha fisíca mental, a minha sanidade.
Ainda hoje e porque o tempo o permitiu fiquei no ginásio desde as 8:30 às 13h... parece de loucos. Fiz 4 km de passadeira, depois exercitei os músculos dos braços e pernas e de seguida fiz uma aula de ginástica. Voltei para os aparelhos e fiz 10 km de bicicleta. E rematei com ioga.
Agora confesso o inacreditável... almocei uma alheira enorme com arroz e um copo de vinho...
Pois...
Tinha que compensar... gastei demasiadas energias, percebem?!?...
Bem voltando um pouco atrás... neste retiro, comi tantas iguarias e vinhos fantásticos, conheci gente incrível, vivi momentos inesquecíveis.
Esta receita que Vos trago, foi uma dessas magníficas refeições.
Ora vamos lá:
1 cebola
arroz
azeite q.b.
1 lata de feijão vermelho
1 folha de louro
4 dentes de alho
4 tomates maduros
3 piri-piris
coentros q.b.
1 ou 2 salpicões

Numa panela coloque o azeite, a cebola e deixe refogar por uns instantes. Adicione os tomates lavados e cortados em bocados, acrescente os dentes de alho e fica mais um pouco ao lume.
Adicione o arroz e tempere com sal, os piri-piris (estes vieram de Angola)  e a folha de louro, deixe refogar.
Acrescente o feijão e a água para cozinhar o arroz (convêm por o dobro da quantidade do arroz).
Quando o arroz estiver a meio da cozedura aproximadamente, polvilhe os coentros picados e mexa. De seguida sobreponha sobre o arroz o salpicão cortado em fatias, deixe cozinhar até o arroz estar no ponto.
Desligue e mantenha a panela fechada.
Leve para a mesa e só a abra no momento de servir.
Acompanhe com um vinho tinto do Douro (há tantos fantásticos).
Delicie-se!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Legumes salteados com carne picada e mascarpone




Começo por pedir desculpa, pela longa ausência.
E agora vamos às mãos na massa e toca a cozinhar...
É óbvio que mesmo longe do blog, continuei a cozinhar diariamente e várias vezes ao dia... mesmo que não quisesse, era-me de todo impossível não o fazer... com 3 alminhas famintas a toda a hora... bem e eu também, diga-se de passagem.
Aqui fica esta receitinha, muito saborosa.
Legumes salteados com carne picada e mascarpone:
1 courggette grande
1 cebola
5 dentes de alho
azeite q.b.
5 tomates maduros
500 gr de carne picada
250 gr de mascarpone
leite q.b.
sal e pimenta preta moída no momento
coentros frescos

Coloque numa frigideira azeite, acrescente a cebola cortada às rodelas, deixe alourar e adicione os dentes de alho.
Acrescente a carne picada e tempere. Adicione a courggette lavada e cortada, assim como os tomates, fica ao lume até todos os ingredientes estarem cozinhados, por fim adicione o mascarppone e o leite. Rectifique os temperos e deixe no lume por mais 2 minutos.
Lave e pique miudamente os coentros e polvilhe-os sobre o preparado.
Sirva de imediato, acompanhado de um pão caseiro ou de arroz.
Delicie-se!

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Dois em um - Legumes e Sangria


Os alhos e os pimentos que o Sr. Policarpo, nos deu são muito saborosos.
Os tomates, dados pela Tia V. e o Tio Tó, vindos directamente da quinta, são demais!
Obrigada por estas doações, proporcionam pratos fantásticos, de um sabor intenso.
Usei:
1 cebola
alhos
azeite
pimentos
tomates
fiambre e bacon
restos de massa
Numa frigideira coloque o azeite e a cebola, deixe esta alourar um pouco.
Acrescente os alhos e os pimentos, deixe mais uns instantes.
Adicione o fiambre e o bacon e os tomates e por fim a massa. Deixe ficar ao lume até os legumes alourarem.
Sirva de imediato, acompanhado de uma sangria de vinho branco e framboesas.
Para a Sangria, usei:
vinho branco
gasosa
framboesas
hortelã
e um pouco de xarope de groselha.
Coloque num jarro o vinho branco, adicione a gasosa, as framboesas e o xarope de groselha. Por fim acrescente a hortelã e delicie-se!

sábado, 30 de julho de 2011

Churrasco na panela de pressão













Achei muita graça a este mail que recebi e resolvi experimentar.
A receita está toda aqui http://www.youtube.com/watch?v=tdELoKsIr74
Mas atenção que deixa um pouco de cheiro de churrasco e fumeiro pela casa.
Usei uma das minhas panelas de pressão favoritas e o fundo ficou um pouco feio.
De preferência usar uma mais velhinha, assim se estragar, não vai ficar com pena.
Mas o resultado é simpático.
As ervas colhi, do meu terraço, usei louro, poejo, oregãos e alecrim.
As batatas foram dadas e são uma delícia. (Até as frito com casca... nham!)
Usei um frango inteiro e temperei com pimenta preta, sal e uns alhos oferecidos (em conjunto com as batatas, tomates e uns pimentos).
A ideia é colocar no fundo da panela, a folha de alumínio, com o carvão e as ervas.
Acrescente a carne de sua preferência, os enchidos (estes dão aquele sabor de fumeiro) e as batatas, tempere, feche a panela e quando estiver sobre pressão, conte o tempo, neste caso deixei 40 minutos. Depois tem que desligar e retirar de imediato toda a pressão, para não a deixar cozinhar mais.
Sirva e sinta o prazer do churrasco, desta feita à pressão.
Bom fim de semana!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Cupcake Gigante e a minha Tilda Naútica






Com este tempo e as crianças de férias, tenho andado um pouco ausente deste meu cantinho especial.
Contudo, continuo a cozinhar e a costurar.
Desta feita e com a receita dada por um "Docinho de Trapo" (http://pt-pt.facebook.com/pages/Docinho-de-Trapo/102745426483535) - uma querida amiga e companheira de WS de costura - eis que surge este gigante cupcake.
Adorámos! 
A cobertura é uma delicia, dá vontade de comer à colher.
Deixo aqui também, mais um trabalho feito por mim - a famosa "Tilda".
E ainda umas almofadas, que em conjunto com o cupcake gigante, foram o presente do aniversariante, quase à beira do meio século de existência.
Para o bolo usei:
300 gr de açúcar amarelo
1 limão casca e sumo
6 ovos
100 gr de manteiga à temperatura ambiente
óleo de girassol q.b.
300 gr farinha com fermento
1 pitada de sal

Para a cobertura:
150 gr de açúcar em pó (pode acrescentar a gosto)
100 gr de framboesas
500 gr de mascarpone
100 gr de natas
framboesas para decorar

Coloque na batedeira (robot de cozinha), as gemas, o açúcar e mexa. Adicione o limão (sumo e meia casca), a manteiga, o óleo e a farinha, volte a mexer.
Bata as claras (às claras adicione uma pitada de sal) em castelo e envolva na mistura anterior.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, cerca de 25 minutos ou até a lourar em cima, faça o teste do palito para confirmar se está cozido no centro.
A cobertura faz-se misturando o açúcar em pó com o mascarpone, as natas e as framboesas, convém colocar por uns intantes no frigorífico.
Desenforme o bolo, deixe arrefecer e cubra com a cobertura, pode usar o saco de pasteleiro ou barrar com uma espátula.
Usei uma forma, em forma de cupcake de silicone, que a Gi me trouxe de UK.
Por fim decore com framboesas.
Leve ao frigorífico até à hora de servir.
Ficou uma delícia!


segunda-feira, 18 de julho de 2011

Pequeno almoço inglês que virou almoço

O Ti andava todos os dias, a pedir um pequeno almoço à inglesa,  por uma ou outra razão, ia adiando. 
E hoje, ele voltou à carga.
Fiquei sem argumentos e em vez de ser pequeno-almoço, foi o nosso almoço.
Usei:
4 ovos
cerca de 300 gr de bacon
2 latas de baked beans (à venda nas grandes superfícies)
2 lata de cogumelos
arroz branco q.b.
azeite, vinagre de fruta
pimenta preta, piri-piri e alho em pó
Fritei o bacon numa frigideira.
À parte fiz um arroz simples.
Abri as latas do feijão e aqueci.
Os cogumelos deitei-os numa taça e temperei com sal, alho e piri-piri em pó. Reguei-os generosamente com azeite e vinagre.
Depois de retirar o bacon da frigideira, passe um pouco de papel absorvente, para retirar o excesso de gordura, acrescente um pouco de água e frite os ovos, tempere com pimenta preta e sal.
Sirva os pratos com um pouco de cada um dos ingredientes.
And enjoy!



quinta-feira, 14 de julho de 2011

Carne picada com courgette, cogumelos e mozzarella e mais umas coisitas


A Ri queria carne picada e o jantar acabou sendo isto:
cerca de 700 gr de carne picada
2 cougettes médias
1 lata de cogumelos
vinho branco q.b.
2 mozzarellas
1 cebola
5 dentes de alho
azeite q.b.
pimenta preta, sal q.b.

Numa frigideira coloque azeite, a cebola cortada ás rodelas e os dentes de alho, deixe caramelizar por uns intantes.
Adicione a carne picada, as courgettes e os cogumelos. Regue com o vinho branco e tempere, deixe cozinhar.
No final acrescente a mozzarella.
Servi acompanhada do meu pão de cereais, acabadinho de fazer.
Quando acabamos de jantar, eu e a Ri, fomos fazer umas lembranças para a sua Professora.
A nova ajudante, já faz parte da família.
Até amanhã!

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Mais um trabalho com ajuda da nova ajudante






Começo a ficar orgulhosa de mim.
É viciante, relaxante, estou adorar!
Esta ainda não está acabada.
A Ri quer fazer porta-moedas, ainda hoje.
Aqui vamos nós.

Massada de Marisco

Ontem ao jantar comemos esta massada.
Simples, q.b. picante e com muito sabor a mar.
Usei:
1 embalagem de 1k de marisco congelado
1 pacote de massa cotovelo
1 cebola
5 dentes de alho
1 folha de louro
2 piri-piri
vinho branco q.b.
sal e pimenta preta
Coloquei numa panela um fio de azeite, a cebola e os dentes de alho cortados, deixei alourar um pouco. Adicionei o marisco, já descongelado, os piri-piris, sal e a pimenta preta. Reguei com vinho branco e ficou ao lume por uns momentos.
Acrescentei a massa e água e deixei até a massa estar "al dente".
Bom apetite!

terça-feira, 12 de julho de 2011

A minha nova ajudante e uma nova mania





http://dicasdaanadeportugal.blogspot.com/2011/07/costura-mania-e-minha-nova-ajudante.html

Lombo de porco recheado com linguiça

Já aqui coloquei uma receita de lombo de porco recheado, aqui vai mais uma. (http://cozinharcomanadeportugal.blogspot.com/2010/10/lombo-de-porco-recheado-com-farinheira.html)
Desta vez com linguiça.
Quando compra o lombo de porco, pode pedir para que lhe façam um furo no centro de um lado ao outro.
Introduza a linguiça no lombo do porco.
Num tabuleiro de ir ao forno deite um pouco de azeite, cebola cortada às rodelas e coloque o lombo.
Tempere com sal, pimenta, piri-piri e alho às rodelas. Polvilhe com um pouco de pimentão doce e regue com vinho branco.
Vai ao forno pré-aquecido a 180ºC, cerca de 45/50 minutos (depende do tamanho da peça de carne).
Servi com um arroz branco.
Pode fazer um tabulet simples de couscous - coloque os couscous numa taça, tempere com sal, pimenta piri-piri, azeite, mexa. Adicione hortelã e coentros picados. Esprema 2 limões/laranjas e acrescente ao preparado anterior. Caso seja necessário adicione mais sumo. Os couscous vão duplicar de tamanho e esta saladinha é muito agradável nesta época do ano. Pode adicionar a esta salada legumes, como pimentos de várias cores, milho, cebola, tomate, etc. Assim acrescentará não só cor, como vitaminas e fibras à salada.
Bom apetite!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Saladinha de grão, milho com atum e physalis

No mercado de S. Martinho do Porto, há um casal de agricultores que vendem fruta e legumes muito frescos e saborosos. Eles são uma simpatia. Gente simples, de falar fácil, transmitem segurança e afecto.
Qual não foi o meu espanto, quando vi que vendiam physalis, e digo-vos a um preço óptimo.
Entre várias frutas e legumes, lá trouxe este também.
Inicialmente, sou franca, pensei usá-lo mergulhado em chocolate, pois o efeito visual é fantástico, assim como fica saboroso.
Mas depois da vinda da praia e do calor que se fazia sentir nesse dia, acabei por usá-los nesta saladinha que ficou muito agradável.
Depois da viagem e do dia de praia, nada como acabar o dia tranquilamente e com este calor, se não ligarmos o forno, melhor.
E as saladas são frescas e muito saborosas... e ainda podemos inventar tanto com elas, por vezes com tão poucos ingredientes. Ingredientes esses, que habitam as nossas despensas. (pelo menos na minha há sempre, para um improviso).
O atum é um deles, latas de grão e feijão também, assim como milho.
Usei:
1 lata de grão grande
1 lata de milho
4 latas de atum
4 ovos
physalis q.b.
sumo de 1 limão
pimenta preta e piri-piri
sal

Numa taça coloquei o grão, o milho, o atum e os physalis.
À parte cozi os ovos.
Depois de descascados, adicionei-os à taça.
Temperei com sal, pimenta preta e piri-piri. Reguei com um pouco de azeite e sumo de limão.
No final comemos uns pessêgos e uns figos deliciosos.
Tanta vitamina, super saudável e nada melhor depois de um dia de calor, praia e viagem.

domingo, 10 de julho de 2011

salada Picante de tomate, melão, mozzarella, amêndoa e sementes de sésamo

Com a ida do To para casa do primo Af, deu para fazer esta saladinha, com aqueles ingredientes a que o meu filho é alérgico. Como a amêndoa.
Acabamos todos por nos privar, para ser mais fácil uniformizar.
Com este tempo quente, o melão sabe divinalmente.
Para esta salada usei:
tomate
melão
mozzarella
pimenta preta moida no momento
piri-piri em pó
sal
azeite
vinagre de maçã
Comecei por cortar o tomate, o melão e a mozzarela. Coloquei-os numa taça. Temperei com bastante piri-piri e pimenta preta, reguei generosamente com azeite e o vinagre de maçã. Não esqueça o sal (q.b.). Polvilhe com as sementes de sésamo.
Sirva e delicie-se! E que tal um bom vinho branco para acompanhar esta saladinha?
Refrescante!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Azeitonas temperadas - aperitivo

Simples e tão delicioso. Viciante.
Convém fazer de véspera ou até com mais tempo, para que os temperos sobressaiam.
Escolha as azeitonas que quiser, assim como a quantidade, dê-lhes um corte.
Tempere com sal, pimenta, piri-piri, alho e pimentão em pó. Acrescente um pouco de oregãos e regue com azeite de boa qualidade.
Estas fizeram sucesso na festa de aniversário do Ti.
Desde já peço desculpa pela ausência, mas ando com mais um projecto - a costura. (Quiçá mais um blogue???)

sábado, 2 de julho de 2011

Sumo natural de limão e laranja

Nada mais simples, natural e refrescante que um sumo de fruta.
Espremi uns limões e umas laranjas, acrescentei um pouco de açúcar amarelo e água bem fresca - pronto a servir!
Pode ainda adicionar umas folhinhas de hortelã que lhe conferem aquele sabor e dão um aspecto magnífico.
Uma vitamina natural e saborosa.
Bom fim de semana!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Bolo de Banana

Se há uma tarte que faço muito, é a tarte tatin. E este bolo é parecido.
Ambos são feitos ao contrário.
Ficam direitos ao desenformar e com a calda e o caramelo sobre eles.
Nunca tinha feito este e nem sei onde vi a receita, julgo que algures pela net.
Usei: (chávena medida = 250 ml)
2 chávenas de farinha
1 chávena de óleo
1 chávena de água (para a próxima usarei sumo de limão ou laranja)
3 bananas grandes
1/2 chávena de açúcar amarelo
2 colheres de chá de fermento em pó
açúcar e manteiga q.b. para fazer o caramelo
3 ovos grandes
canela q.b.
Coloque numa taça os ovos, o açúcar e bata bem. Acrescente o óleo e bata mais um pouco.
Adicione a farinha, o fermento e a água e continue a bater.
Por fim envolva a canela.
À parte faça o caramelo na forma que vai usar para o bolo (manteiga e açúcar - não deixe escurecer), sobre o caramelo disponha as bananas cortadas às rodelas e sobre estas a massa anterior.
Vai ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 40 minutos ou até ficar dourado por cima.
Desenforma-se de imediato, por causa do caramelo, mas com muito cuidado para não se queimar.
E bom apetite!

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Aproveitamento de batatas cozidas com courgette, bacon

1 cebola
sobras de batata cozida
bacon q.b.
courgette q.b.
ovos (1 p/ pessoa)
Para aproveitar umas batatas cozidas, que tinham sobrado da refeição do salmão cozido com as mesmas - resolvi fazer esta refeição.
E assim reutilizamos e damos nova cara aos ingredientes que por vezes ficam esquecidos no nosso frigorífico.
Numa frigideira coloque um fio de azeite a cebola e o bacon, deixe caramelizar por uns instantes.
Adicione a courgette, lavada e cortada em meias-luas.
Generosamente moa a pimenta preta e rectifique o sal (atenção pois o bacon é salgado).
Quando a courgette estiver cozinhada, acrescente os ovos e deixe até a clara ficar branca.
Sirva moendo um pouco mais de pimenta preta.
E delicie-se!

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Courgettes, tomate e atum no forno - aproveitamento do arroz de cenoura

Restos de arroz de cenoura - aproveitamento
3 courgettes
4 tomates grandes
1 pacote de natas
leite q.b.
Atum 3/ 4 latas
mozzarella
pimenta preta, noz-moscada e sal
Lave bem os legumes e corte em pedaços (rodelas).
Num pirex, coloque um pouco de azeite, o arroz, disponha os legumes e sobre estes o atum - a última camada convém ser de legumes.
À parte bata as natas com o leite e tempere com a pimenta preta e o sal.
Deite sobre os legumes e o atum.
Distribua a mozarella sobre o preparado e moa um pouco de pimenta preta e noz moscada.
Vai ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 40/45 minutos.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Pão de queijo

500 gr de polvilho (usei o doce)
2 chávenas de leite
1 chávena de óleo
4 ovos
2 chávenas de queijo ralado - usei parmesão
sal q.b.
Nunca tinha feito e resolvi improvisar.
Juntei todos os ingredientes e a massa fico muito líquida, impossível de formar bolinhas.
Achei que algo estava mal e resolvi ler as intruções e ... asneira: tinha que ter fervido o leite com o óleo, o sal e escaldar o polvilho, deixar esfriar e aí acrescentar os outros ingredientes. E depois sim, amassar e fazer as bolinhas.
Bem, a asneira estava feita, há que improvisar e não desperdiçar.
Coloquei numa panela para ver se endurecia um pouco e foi o que aconteceu, mas não como eu queria.
Então resolvi colocar  a massa, numa forma de bolo inglês e colocar no forno a 180ºC cerca de 20/30 minutos.
A sua textura ficou igual às famosas bolinhas de queijo. Tostado por fora e semi-elástico por dentro.
É bom quando tudo acaba bem!

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Muffins de Mirtilo e Framboesas

Estou viciada (ou melhor estamos) nestes muffins.
Tem sido o meu pequeno-almoço.
Vou experimentar com mais ingredientes, banana, chocolate, etc.
1 chávena=240 ml de capacidade
1 e 1/2 de chá de farinha
1 de chávena de açúcar escuro
1/2 colher de chá de sal
2 colheres de chá de fermento em pó
1 ovo
1/3 de chávena de óleo vegetal
1/3 de chávena de leite
1 chávena de mirtilos/framboesas frescas
Misture todos os ingredientes e coloque em formas de muffins, leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 15 a 20 minutos.
Bom apetite!

terça-feira, 14 de junho de 2011

Soufflé de peixe

Este soufflé, transporta-me a momentos da minha infância.
Mais tarde adaptado por mim, já algum tempo esquecido, surgiu agora e fez sucesso.
Vamos mas é a nossa receita:
Para o molho béchamel:
100 gr de manteiga
3 colheres de sopa de farinha
750 ml de leite
Para o recheio:
500 gr de peixe
4 ovos
queijo parmesão q.b.
noz-moscada
pimenta preta

Faça um molho béchamel - cerca de 100 gr de manteiga, 3 colheres de sopa de farinha e 750 ml de leite - coloque numa panela a manteiga e a farinha, mexa até incorporar, adicione o leite. Vá mexendo até obter um creme.
Coza o peixe ou aproveite os restos de alguma refeição, retire as espinhas e a pele, reserve.
Misture o molho béchamel, o peixe, as gemas, o parmesão (cerca de 40 gr) e tempere com um pouco de noz moscada, pimenta preta e sal.
À parte bata as claras em castelo e incorpore.
Unte uma forma pirex redonda alta e deite a mistura anterior, polvilhe com queijo.
Vai ao forno pré-aquecido a 180 ºC cerca de 35 a 40 minutos.
Sirva acompanhado de uma salada e de um vinho branco bem fresco e bom apetite!


quinta-feira, 9 de junho de 2011

Frango reaproveitado com legumes à minha maneira





Uns restos de frango assado, bacon, ovos, tomates, cebola e alho francês - fizeram um jantar muito gostoso, que nos aconchegou o estômago e a alma.
Numa frigideira coloque um pouco de azeite, as cebolas e o alho francês, deixe fritar. Acrescente o tomate e o frango, deixe por mais uns instantes ao lume.
Bata os ovos e acrescente um pouco de leite, tempere com sal, pimenta e alho em pó.
Envolva-os no preparado e mexa.
Sirva de imediato acompanhado de pão ou um arroz de laranja - http://cozinharcomanadeportugal.blogspot.com/2011/05/arroz-de-laranja.html
Bom apetite!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

cogumelos, bacon em caminha de pão coberta com espargos e mascarpone

Uma refeição rápida e muito saborosa.
Foi este o almoço que saiu de uma inspiração momentânea.
Sem saber o que fazer, olhei o meu frigorífico. A fome começava a aparecer timidamente.
Sem ideias pré-concebidas e deixando-me "velejar" ao sabor do "vento", sem pressa de chegar e saboreando cada segundo.
Peguei no bacon e cortei-o, em pedaços pequenos.
Numa frigideira os coloquei (primeiro só o bacon para que solte a sua gordura, não necessita adicção de azeite), assim como os cogumelos e adicionei um pouco de vinho branco.
Temperei com pimenta preta, alho em pó e um pouco de sal (pouco - o bacon já é bastante salgado).
Deixei o vinho evaporar e acrescentei alguns espargos verdes cortados.
Cozinhou por mais uns instantes e adicionei um pouco de mascarpone, para lhe dar um sabor e textura diferente.
Coloquei este preparado sobre uma fatia de pão e enfeitei com um espargo verde inteiro.
Saboroso, reconfortante ao sabor do momento, deixei-me levar...
Usei: (fiz a quantidade para 1 pessoa a "olhómetro" )
bacon
cogumelos
espargos verdes
mascarpone
fatias de pão

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Salada de alface, tomate e queijo de cabra

Com este calor, só apetece grelhados, saladas, bebidas fresquinhas, gelados...
Continuo na saga dos grelhados e para acompanhá-los umas saladinhas refrescantes.
Esta é simples, muito simples mesmo.
Alface
Tomate
queijo de cabra
vinagre de fruta e azeite
pimenta preta moída no momento e sal

Lave bem os legumes e seque-os, corte em pedaços e coloque numa taça. Adicione o queijo de cabra partindo-o com as mãos. Tempere com sal, pimenta preta moída no momento e regue com azeite e o vinagre.
Pode ainda acrescentar frutos secos (infelizmente tenho um filho alérgico - o To, cada dia mais condicionado a uma série de alimentos), fruta fresca e ervas aromáticas da sua preferência.
Bom apetite!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Dia da Criança


Hoje não se fala de outra coisa. As crianças tem programas especiais nas escolas, o Ti foi andar de barco, a Ri teve que levar um bolo.
E eu vou fazer-lhes uma surpresa!
Um bolo, uma mesa diferente, alegre, um jantar especial.
Mas por agora deixo-vos este bolo super rápido, feito antes de levar a criançada para as escolas.
Feito pela Ri, bem ajudei um pouco.
Usei:
4 ovos
2 laranjas (raspa da casca e sumo)
200 gr de açúcar
200gr de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó
100 ml de óleo
confeites para enfeitar

Misture tudo no liquidificador e coloque numa forma de silicone.
Vai ao micro-ondas cerca de 10 minutos em potência máxima.
Desenforme, deixe arrefecer e enfeite.

terça-feira, 31 de maio de 2011

Participação no Sorteio Oriflame

Na cozinha da Mariana do blog http://maniasdacozinha.blogspot.com, vai haver um sorteio de um conjunto de produtos Oriflame. (http://maniasdacozinha.blogspot.com/2011/05/grande-sorteio-oriflame-participem.html)

Participem!

Folhado de queijo cabra e espinafres











Para uma entrada ou acompanhamento de uma refeição.
Ontem foi o nosso jantar acompanhado de um salteado de legumes, com os restos de um frango assado, envolvidos nuns ovos.

Usei:
1 pacote de massa folhada
1 queijo cabra
cerca de 150 gr de espinafres congelados

Desenrole a massa folhada e com a ajuda de um rolo estenda-a um pouco.
Espalhe o queijo cabra sobre o centro da massa e adicione os espinafres, tempere com um pouco de pimenta preta. Feche a massa o melhor possível, pois tem tendência para verter liquido.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e coloque a massa. Leve ao forno cerca de 15 minutos ou até a massa estar dourada.
Bom apetite!

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Panna Cotta de Baunilha com cobertura de Coulis de Framboesa

E cá está mais uma vez esta sobremesa. Desta feita de baunilha com cobertura de coulis de framboesa.
Simples, fácil, com uma cor imaculada e um ar atrevido com a sua cauda vermelha, arrojada com o toque de verde só para temperar.

Usei:
400 ml. de natas frescas
200 ml de leite
baunilha q.b.
200 gr de açúcar amarelo
5 folhas de gelatina neutra

Para o Coulis:
comprei no supermercado Eclerc, um pacote de coulis de framboesa congelada

Numa panela coloque as natas, o leite, o açúcar e a baunilha (abra ao meio e raspe o seu interior), leve ao lume e deixe cozer sem levantar fervura.
À parte hidrate as folhas de gelatina num pouco de água morna e adicione ao preparado anterior. Mexa para envolver bem e distribua por tacinhas. Vai ao frigorífico no mínimo 4 horas - é preferível fazer no dia anterior.
Por fim desenforme e adicione o coulis de framboesa, neste caso foi muito fácil, pois já o comprei congelado e foi só colocá-lo num recipiente e levá-lo ao micro-ondas a descongelar.
Esta mistura do ácido das framboesas e o doce da panna cotta é perfeito.
Enfeitei com a hortelã do meu pequeno terraço, et voilá!



quinta-feira, 26 de maio de 2011

Agradecimento de blogger para blogger

Ontem o dia foi fantástico, embora o tenha passado sem a noção do que estava acontecendo.
O Ti acabou por sair mais cedo das aulas, logo ficou comigo toda a tarde.
Como anda meio queixoso, não foi à vela, talvez vá hoje...
Voltando a ontem, comecei a manhã escrevendo no meu blog e vagueando um pouco pelos meus blogs favoritos e outros que me vão aparecendo pelo caminho.
Depois da parte cibernaútica, lá fui eu dar uma de "Dona de casa desesperada", pois a casa parece estar sempre com pó, há sempre máquinas de roupa para fazer, roupa para pôr e retirar do estendal, arrumar, passar, tratar da Lais (mais uma filha - é a nossa cadelinha, uma yorkshire que usa lacinhos rosa), preparar as refeições, fazer compras, programar a semana da criançada, consultas, reuniões, enfim uma infindável lista de tarefas.
Depois de tudo isto estar mais ou menos encaminhado, toca de recolher o "doentinho" do Ti da sua escolinha.
Fomos às compras. Quando acabámos, surpreenderam-nos com um prémio - um bolo rei.
Tinhámos acabado de fazer as nossas compritas - como sempre a busca constante dos preços mais baixos, das promoções, e no final ainda recebemos um prémio. Fantástico!
O Ti, que é guloso, ficou super feliz.
Voltámos para casa, arrumamos as compras e estava quase na hora de ir buscar a Ri.
Ainda fomos ao lixo.
Ao chegar aos contentores, vimos um caixote cheio de loiça e uma jarra branca que parecia dizer-me leva-me contigo, please!
É preciso dizer que não sou pessoa de andar a vasculhar o lixo, mas este caixote estava colocado ao lado dos contentores, como se quem o tivesse deitado fora tivesse tido peso no coração.
A jarra era linda... mas eu não tinha coragem de tira-la dali... o que é que os vizinhos íam pensar... mas também não a podia deixar lá... enchi-me de coragem e disse ao Ti para a levar discretamente.
Ele pegou e com aquela inocência de criança disse bem alto - é esta mãe?
Eu olho para ele e aceno com a cabeça, confirmando que sim.
Grita ele de novo - Mãeeeee, há mais coisas aqui, posso levar?
Queria ter um sitio para me esconder, mas como não tinha, fui andando e dizendo "vem, vamos para casa".
Ele entrega-me a jarra e diz - Mãe vou buscar a outra!
Pensei, há outra, ok. "Filho, vou andando, mas estou a ver-te, tenta não dar nas vistas, afinal isto estava no lixo, o que vão pensar as pessoas"?!?
Ele pareceu compreender e lá foi.
Fiquei esperando um pouco mais à frente, sempre de olho nele.
Para disfarçar comecei colocando flores dentra da jarra. Passou um casal por mim com um bébé que sorriu. Só depois é que percebi que era pior a emenda que o soneto... quem vai apanhar flores e leva a jarra para a rua... Meu Deus! Que vergonha!
O Ti aparece carregado de loiça e gritando - parece quue não sabem falar baixo (onde terão eles o botanito do volume...) - "Mãe! Isto é tudo para ti, gostas"?
Ainda com o casal ali bem pertinho e sorrindo entre eles com aquela cumplicidade de casal... queria um buraco para me enfiar lá dentro!
Chegamos a casa, lavei a loiça e de imediato a coloquei na mesa de jantar.
Ficou divinal!
Nunca vou esquecer esta história.
Mais tarde, ainda antes de jantar, abro o computador para ver as novidades, et voilá! Nem queria acreditar, tantos comentários, tanta gente nova por aqui.
Fiquei tão feliz! Obrigada!
Ontem senti que me tinha saído o euromilhões.
O jantar foi bom, a mesa LINDA e eu estava muito feliz, até a Ri abriu uma garrafa de espumante para mim.
Com este calor soube maravilhosamente bem!
Mariana, esta é para si - Tchim, tchim! Felicidades para si e os seus! Votos que continue muitos e muitos anos com esse seu blog fantástico - http://maniasdacozinha.blogspot.com/ - Visitá-la-ei diariamente e divulgá-la-ei.
Hoje a minha receita é esta, sejam felizes, afinal basta tão pouco!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Pasta de fiambre, legumes e mascarpone e queijo vegetal


Tenho andado com pouca inspiração... este calor, este tempo...
Os grelhados tem reinado por estas bandas e quando o tempo o permite fazemos tudo no terraço, desde a confecção à mesa.
Adoramos!
É sempre uma diversão quando fazemos os hamburgueres, porque cada um tempera como mais gosta e dá a forma que quer ao seu.
Saladas variadas, alguns pecados como fritar batatas fritas que a criançada começa a descascar já com alguma habilidade.
Os nossos grelhados costumam ser  hamburgueres, carnes variadas, peixes e legumes. Acompanhados de arroz, massas, batatas e saladas.
Fazemos temperos diversos, uns picantes, outros com maionaise caseira, etc.
Mas o certo é que últimamente as nossas refeições são sempre à base de grelhados, comidos ou não (se o tempo o permite) ao ar livre.
Mas ontem resolvi fazer uma coisa diferente, tinha alguns ingredientes no frigorífico a precisarem de ser consumidos e tinha que lhes dar "andamento".
Comecei por colocar um fio de azeite no wok, acrescentei 1 cebola que deixei caramelizar por uns instantes, de seguida adicionei 5 dentes de alho e 3 tomates cortados, ficou ao lume mais uns minutos.
Cortei o fiambre, cerca de 200gr em pedaços e acrescentei ao preparado assim como 1 pimento vermelho cortado grosseiramente.
Temperei com 2 piri-piris, um pouco de sal e um pouco de pimenta preta.
Adicionei cerca de 150gr de queijo vegetal e 100gr de mascarpone, envolvi tudo e acrescentei uma mão cheia de coentros picados, deixei ao lume por mais uns minutos mexendo sempre.
O molho ficou cremoso com uma consistência excelente.
Servi com uma massa.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Panna Cotta de Coco com cobertura de Amoras da Quinta

Usei:
400 ml de natas frescas
400 ml de leite de coco (1 lata)
vagem de baunilha
5 folhas de gelatina neutra - para a próxima usarei 7
3/4 de açúcar amarelo
Para a cobertura:
cerca de 150 gr de amoras da quinta dos tios (andavam esquecidas na gaveta da arca)
sumo de limão (cerca de meio limão) e um pouco da casca do mesmo
1 pau de canela
vinho do Porto q.b.
açúcar cerca de 2 colheres de sopa

Coloque numa panela as natas, o leite de coco, a vagem da baunilha (abra-a ao meio e com a ajuda de uma faca retire o seu interior e junte às natas, assim como a vagem - usei cerca de metade) e o açúcar.
Leve ao lume, mexa, tire antes de ferver.
À parte humedeça as folhas de gelatina num pouco de água e junte-as ao preparado anterior. Envolva e verta para um recepiente, ou várias taçinhas.
Uma achega, use 7 folhas de gelatina, porque a minha Panna Cotta, desmoronou, ficou pouco sólida. E o mais engraçado é que tinha duas receitas uma delas com 5 folha e a outra com 7, mas nesta fase de contenção obtei pela de 5.
Leve ao frio pelo menos 4 horas (o melhor é fazer de véspera).
Faça a cobertura, colocando numa panela pequena, as amoras, o açúcar, o sumo e casca do limão, o vinho do Porto e o pau de canela. Leve ao lume até obter uma calda.
Desenforme a Panna Cotta e coloque sobre ela a cobertura.
O sabor estava óptimo, a consistência pouco firme.
A repetir com mais folhas de gelatina e quem sabe outros sabores (cobertura de chocolate, panna cotta só com natas e baunilha, etc...)
Agradável e fresquinha como o tempo pede.
Boa semana!

sábado, 21 de maio de 2011

Sushi à minha maneira


Usei para 4 pessoas:
2 rabos de salmão cerca de 1,200k
arroz  aromatizado com limão q.b.
3 folhas de nori
wasabi q.b.
soja q.b.

Por estas bandas gostamos muito, mas tenho consciência que não é para todas as pessoas.
Ultimamente já andávamos com saudades e muita vontade de comer esta iguaria, mas os preços eram muito pouco convidativos e suportáveis.
Mas hoje havia uma promoção no Continenete que me fez proporcionar este prazer.
Comprei 4 rabos de salmão fresco, que arrajámos, desta feita com umas facas de cerâmica magnifícas.
Depois de retirar a pele e a espinha central, limpe bem o salmão e corte-o em fatias.
Nos rolinhos usei o resto do arroz aromatizado com limão, folhas de algas (nori), salmão, wasabi e soja.
Disponha sobre uma esteira (móvel e forrada com pelícila aderente), o arroz, o wasabi (picante verde japonês), o salmão e umas gotas de soja. Enrole a esteira de modo a fechar o rolo e aperte para formar um rolo compacto. No final humedeça a alga com um pouco de água para a fechar e volte a apertar mais um pouco com a esteira.
Por fim corte o rolo em fatias.
Sirva com folhas de alface, nabo ralado, soja e wasabi.
Bom apetite!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Borrego e chouriço com batatinhas e alecrim

Tivémos um jantar fantástico com uma amiga sempre bem disposta e de bem com a vida.
Fiz uma perna de borrego assada com batatinhas, uma salada e umas entradas.
De entrada fiz um folhado de queijo de cabra e pão de alho.
A salada de alface e tomate, regada generosamente com azeite, vinagre de maçã e polvilhada com gengibre ralado.
A perna de borrego ficou óptima, desde já peço desculpa pois esqueci de documentar.
Para a sobremesa abri um abacaxi, cortei uns morangos e servi com as minhas compotas caseiras.
Este jantar foi decidido em cima da hora mas correu às mil maravilhas.
Servi um espumante com as entradas e um vinho tinto (fantástico) ao jantar e ainda nos aventurámos numas vodkas (que habitam no meu congelador) vindas directamente da Rússia com o meu gelo com flores comestíveis.
Foi uma noite muito bem passada e divertida.
No dia seguinte resolvi dar nova apresentação aos restos que ficaram do jantar.
No wok coloquei o molho da perna de borrego e o mesmo cortado em pedaços, acrescentei as batatas e cortei um chouriço às rodelas que adicionei. Ficou ao lume até alourar, antes de desligar o lume acrescentei um pouco de alecrim do meu terraço e mel.
Ficou uma delícia, adocicado e o sabor do alecrim conferiu-lhe aquele toque final.
As quantidades é difícil de especificar, foi a "olhómetro" e aproveitando as sobras.
Mas resolvi publicar quiçá Vos inspiro!
Divirtam-se e aproveitem os restos em pratos novos como este ou em tartes ou misturem-nos com ovos e façam uma omelete, tudo é permitido e quem sabe descobrem uma nova receita.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Arroz de Laranja


Este arroz ficou com um sabor fantástico, tenho mesmo que o partilhar convosco!
Para 4/6 pessoas
1 medida e meia de arroz (costumo usar um copo)
3 medidas de água
1 rodela de laranja
Numa panela coloque um fio de azeite e o arroz, deixe fritar por uns instantes, deite a água e tempere com sal, adicione a rodela de laranja e deixe cozer até a água evaporar.
Retire a rodela de laranja, corte-a miudamente, volte a colocar no arroz e misture.
Sirva de imediato.
Acompanhe com carne, legumes salteados, etc.
Bom apetite!

Camarão com alho e piri-piri

Este prato pode ser uma entrada mas foi o meu jantar.
Há alguns dias tinha comprado numa promoção estes pequenos camarões, pensei fazer rissóis mas o To tem uma série de alergias e acabei por desistir.
A comida cá em casa tem que ser uniformizada caso contrário seria muito complicado fazer um prato para cada um - não temos serviço à la carte.
Os miúdos comeram as suas sopinhas e um arroz que irei publicar em breve acompanhado de uns legumes salteados com mozzarella e eu dei-me ao luxo de fazer este prato especial para mim.
Numa frigideira coloquei azeite e muitos dentes de alho, deixei fritar um pouco. Adicionei os camarões, temperei com sal e piri-piri (bastante, gosto bem picante) e acrescentei um pouco de vinho branco, por fim polvilhei com uma mão cheia de coentros.
Acompanhei com um delicioso vinho tinto e uns gressinos.
Deliciei-me!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Bebidas refrescantes - II





Com este calor nada melhor que um copo de água bem fresquinha, uma cervejinha gelada... e com um pouco de criatividade, o copo de água simples transforma-se em algo de belo.
Lembram-se da minha salada com flores comestíveis?
Pois é, cá em casa tudo se transforma e como sobraram bastantes flores frescas resolvi conservá-las.
Usei as cuvetes do gelo para as colocar adicionei água, et voilá!
Já surpreendi uma amiga quando lhe servi um vodka com uma pedra de gelo com flores.
E ontem foi a vez dos miúdos. Num copo de água simples coloquei o meu gelo com flores frescas e o resultado é surpreendente.
Usei também com o xarope de sabugueiro.
Este gelo deve ser usado em bebidas com pouca cor para se ver as flores.


Um bom dia refrescante e cheio de flores!