sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Refeições simples demais


Com este calor, o tempo é pouco para vir aqui escrever umas palavras.


Hoje estivemos mais uma vez, no Guincho (Cresmina/Porto de Sta. Maria), mas o vento era tanto, que a única coisa que fizemos foi lançar papagaios.


Ao fim de 1h30, decidi ir para a piscina da minha mãe na Parede.


Não havia vento, o calor estava demais. A piscina era o sítio ideal.


Juntámo-nos a alguns amigos e família, o tempo passou animado.


Viemos para casa fazer uma refeição simples, tomar banho e dar banho à nossa cadela L.


Até tenho vergonha, mas hoje recorri a latas de salsichas de lata e batatas fritas de pacote. Fiz uns ovos estrelados, acrescentei queijo e tomates cherry da quinta dos Tios.


Sobremesa ameixas, estão baratas e são óptimas.


Durante a tarde, dediquei-me à casa, máquinas de roupa, lavagens de chão, arrumações e a inúmeras actividades inerentes a esta família numerosa.


O jantar também simplifiquei e mais uma vez - me desculpem, ou aproveitem a ideia.


Abri uma lata grande feijão frade, 4 latas de atum, 1 cebola (era saborosa e colhida por uns amigos), tomate (muito), coentros, sal q.b., pimenta preta moída na altura, reguei com azeite e vinagre de framboesa.


Comemos queijo de Azeitão (aquele que comprámos quando lá fomos, juntamente com o vinho) e um pão, comprado aqui na mercearia em formato de coração - uma delícia (e não fui eu que fiz o pão).


Bebi o vinho o tinto de Azeitão, os miúdos água.


Maçãs e tangerinas fizeram as delícias da sobremesa.


Hoje o dia foi muito simplificado, para variar um pouco. Desculpem, mas às vezes, apetece!


Até breve

Sem comentários:

Enviar um comentário