quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Arroz de feijão com salpicão - Castro d'Aire


Depois de um retiro gastronómico e espiritual com uma querida amiga, publico esta receita que adorei comer em Castro d'Aire.
Temos momentos na nossa vida que precisamos de interiorizar e conviver com os amigos, o que por vezes é-nos tão complicado fazer...
Com 3 filhos e mãe a tempo inteiro, imaginem o quão isso me parece ilógico.
Mas precisei (ou preciso) de espaço para mim.
Nesta saga até no ginásio me inscrevi... e digo-vos, bem dita a hora!
Ligo pouco à estética, talvez porque como dizem os amigos - "Graças a Deus, não precisas!" - mas não é bem assim, preciso... para a minha fisíca mental, a minha sanidade.
Ainda hoje e porque o tempo o permitiu fiquei no ginásio desde as 8:30 às 13h... parece de loucos. Fiz 4 km de passadeira, depois exercitei os músculos dos braços e pernas e de seguida fiz uma aula de ginástica. Voltei para os aparelhos e fiz 10 km de bicicleta. E rematei com ioga.
Agora confesso o inacreditável... almocei uma alheira enorme com arroz e um copo de vinho...
Pois...
Tinha que compensar... gastei demasiadas energias, percebem?!?...
Bem voltando um pouco atrás... neste retiro, comi tantas iguarias e vinhos fantásticos, conheci gente incrível, vivi momentos inesquecíveis.
Esta receita que Vos trago, foi uma dessas magníficas refeições.
Ora vamos lá:
1 cebola
arroz
azeite q.b.
1 lata de feijão vermelho
1 folha de louro
4 dentes de alho
4 tomates maduros
3 piri-piris
coentros q.b.
1 ou 2 salpicões

Numa panela coloque o azeite, a cebola e deixe refogar por uns instantes. Adicione os tomates lavados e cortados em bocados, acrescente os dentes de alho e fica mais um pouco ao lume.
Adicione o arroz e tempere com sal, os piri-piris (estes vieram de Angola)  e a folha de louro, deixe refogar.
Acrescente o feijão e a água para cozinhar o arroz (convêm por o dobro da quantidade do arroz).
Quando o arroz estiver a meio da cozedura aproximadamente, polvilhe os coentros picados e mexa. De seguida sobreponha sobre o arroz o salpicão cortado em fatias, deixe cozinhar até o arroz estar no ponto.
Desligue e mantenha a panela fechada.
Leve para a mesa e só a abra no momento de servir.
Acompanhe com um vinho tinto do Douro (há tantos fantásticos).
Delicie-se!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Legumes salteados com carne picada e mascarpone




Começo por pedir desculpa, pela longa ausência.
E agora vamos às mãos na massa e toca a cozinhar...
É óbvio que mesmo longe do blog, continuei a cozinhar diariamente e várias vezes ao dia... mesmo que não quisesse, era-me de todo impossível não o fazer... com 3 alminhas famintas a toda a hora... bem e eu também, diga-se de passagem.
Aqui fica esta receitinha, muito saborosa.
Legumes salteados com carne picada e mascarpone:
1 courggette grande
1 cebola
5 dentes de alho
azeite q.b.
5 tomates maduros
500 gr de carne picada
250 gr de mascarpone
leite q.b.
sal e pimenta preta moída no momento
coentros frescos

Coloque numa frigideira azeite, acrescente a cebola cortada às rodelas, deixe alourar e adicione os dentes de alho.
Acrescente a carne picada e tempere. Adicione a courggette lavada e cortada, assim como os tomates, fica ao lume até todos os ingredientes estarem cozinhados, por fim adicione o mascarppone e o leite. Rectifique os temperos e deixe no lume por mais 2 minutos.
Lave e pique miudamente os coentros e polvilhe-os sobre o preparado.
Sirva de imediato, acompanhado de um pão caseiro ou de arroz.
Delicie-se!

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Dois em um - Legumes e Sangria


Os alhos e os pimentos que o Sr. Policarpo, nos deu são muito saborosos.
Os tomates, dados pela Tia V. e o Tio Tó, vindos directamente da quinta, são demais!
Obrigada por estas doações, proporcionam pratos fantásticos, de um sabor intenso.
Usei:
1 cebola
alhos
azeite
pimentos
tomates
fiambre e bacon
restos de massa
Numa frigideira coloque o azeite e a cebola, deixe esta alourar um pouco.
Acrescente os alhos e os pimentos, deixe mais uns instantes.
Adicione o fiambre e o bacon e os tomates e por fim a massa. Deixe ficar ao lume até os legumes alourarem.
Sirva de imediato, acompanhado de uma sangria de vinho branco e framboesas.
Para a Sangria, usei:
vinho branco
gasosa
framboesas
hortelã
e um pouco de xarope de groselha.
Coloque num jarro o vinho branco, adicione a gasosa, as framboesas e o xarope de groselha. Por fim acrescente a hortelã e delicie-se!

sábado, 30 de julho de 2011

Churrasco na panela de pressão













Achei muita graça a este mail que recebi e resolvi experimentar.
A receita está toda aqui http://www.youtube.com/watch?v=tdELoKsIr74
Mas atenção que deixa um pouco de cheiro de churrasco e fumeiro pela casa.
Usei uma das minhas panelas de pressão favoritas e o fundo ficou um pouco feio.
De preferência usar uma mais velhinha, assim se estragar, não vai ficar com pena.
Mas o resultado é simpático.
As ervas colhi, do meu terraço, usei louro, poejo, oregãos e alecrim.
As batatas foram dadas e são uma delícia. (Até as frito com casca... nham!)
Usei um frango inteiro e temperei com pimenta preta, sal e uns alhos oferecidos (em conjunto com as batatas, tomates e uns pimentos).
A ideia é colocar no fundo da panela, a folha de alumínio, com o carvão e as ervas.
Acrescente a carne de sua preferência, os enchidos (estes dão aquele sabor de fumeiro) e as batatas, tempere, feche a panela e quando estiver sobre pressão, conte o tempo, neste caso deixei 40 minutos. Depois tem que desligar e retirar de imediato toda a pressão, para não a deixar cozinhar mais.
Sirva e sinta o prazer do churrasco, desta feita à pressão.
Bom fim de semana!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Cupcake Gigante e a minha Tilda Naútica






Com este tempo e as crianças de férias, tenho andado um pouco ausente deste meu cantinho especial.
Contudo, continuo a cozinhar e a costurar.
Desta feita e com a receita dada por um "Docinho de Trapo" (http://pt-pt.facebook.com/pages/Docinho-de-Trapo/102745426483535) - uma querida amiga e companheira de WS de costura - eis que surge este gigante cupcake.
Adorámos! 
A cobertura é uma delicia, dá vontade de comer à colher.
Deixo aqui também, mais um trabalho feito por mim - a famosa "Tilda".
E ainda umas almofadas, que em conjunto com o cupcake gigante, foram o presente do aniversariante, quase à beira do meio século de existência.
Para o bolo usei:
300 gr de açúcar amarelo
1 limão casca e sumo
6 ovos
100 gr de manteiga à temperatura ambiente
óleo de girassol q.b.
300 gr farinha com fermento
1 pitada de sal

Para a cobertura:
150 gr de açúcar em pó (pode acrescentar a gosto)
100 gr de framboesas
500 gr de mascarpone
100 gr de natas
framboesas para decorar

Coloque na batedeira (robot de cozinha), as gemas, o açúcar e mexa. Adicione o limão (sumo e meia casca), a manteiga, o óleo e a farinha, volte a mexer.
Bata as claras (às claras adicione uma pitada de sal) em castelo e envolva na mistura anterior.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, cerca de 25 minutos ou até a lourar em cima, faça o teste do palito para confirmar se está cozido no centro.
A cobertura faz-se misturando o açúcar em pó com o mascarpone, as natas e as framboesas, convém colocar por uns intantes no frigorífico.
Desenforme o bolo, deixe arrefecer e cubra com a cobertura, pode usar o saco de pasteleiro ou barrar com uma espátula.
Usei uma forma, em forma de cupcake de silicone, que a Gi me trouxe de UK.
Por fim decore com framboesas.
Leve ao frigorífico até à hora de servir.
Ficou uma delícia!